6 de jul de 2009

Crescente da lua, povo na rua

O dois irmão adormeceu o sono que tardava chegar. Ao ouvir o seu primeiro respiro sonolento aquela luz redonda de luz própria anuncia mais uma noite de lua cheia na cidade do Rio. Nesse momento grávidas tem seus braços marcados como gado destinado a outro matadouro em pleno Hospital Miguel Couto.

Certa vez ela triste pelo afogamento de seu irmão foi colocada no céu pelos deuses. Hoje ela observa uma mãe a vagar pela cidade, cheia da luz da lua, procurando quem faça o seu parto. Parindo a noite do Rio esta bela Lua, quem negaria a uma mãe o direito de ter seu filho,
 Já saindo por ali, por aqui e por onde houvesse lugar para ser conhecido pelo mundo.

As bruxas da Tessalia dialogavam em ritos noturnos com a lua, elas pretendiam fazer-la descer branca na terra; e ainda queriam livrá-la do grande dragão que ameaçava devorar a Lua. Quem livrara´ a vida por nascer do grande dragão dando de ombros para a vida nessa noite de Lua cheia no Rio?

(foto do autor do blog)


RVC

Olhar Vatiano

Loading...